batatinha frita 123
ArquiteturaBem-estarCores

OS SEGREDOS ESCONDIDOS NOS AMBIENTES DE ROUND 6 – Squid Game

A série que vem conquistando o público, e polêmicas ao redor de todo mundo parece ter um motivo claro para o sucesso. Segundo o diretor Hwang Dong-hyuk, o fato das competições serem simples e fáceis de entender permite que o telespectador preste atenção nos personagens, em vez de se distraírem tentando interpretar as regras.

Assim como outras produções coreanas recentes com sucesso mundial, como o filme Parasita (vencedor do Oscar de 2020), Round 6 tem ao mesmo tempo dramas pessoais tipicamente coreanos e personagens universais, com os quais qualquer pessoa consegue se identifica, segundo matéria da BBC.

“Eu queria escrever uma história que fosse uma alegoria, uma fábula sobre a sociedade capitalista, algo que mostrasse uma competição extrema”, disse o diretor à Variety. “Mas eu queria usar aquele tipo de personagem que todos nós já encontramos na vida real.”

A identificação entre público e personagem é um recurso muito utilizado no cinema. No entanto, há um elemento crucial dessa narrativa que passa muitas vezes desapercebido. Já repararam nos ambientes de round 6? E como eles auxiliam a contar as histórias?

Pensando em desmistificar um pouco do impacto da arquitetura e do design de interiores dentro do contexto das obras cinematográficas, separamos alguns recortes e percepções, que poderiam ter salvo a vida de muitos jogadores. Confira!

ambientes de round 6

O que você vai ver nesse conteúdo?

Alojamento

Logo após toparem ingressar nos jogos, os participantes acordam em uma espécie de “alojamento”. Vamos analisar juntos algumas características?

Pé direito (altura do chão ao teto): bastante alto, para que o indivíduo se veja pequeno, impotente.

Cores: a compreensão, assimilação e as respostas à cor estão ligadas a diferentes estados emocionais do indivíduo. Dessa forma, as cores conseguem promover reações positivas, quando estamos num estado de espírito pacífico. E, também, reações negativas, quando estamos sob pressão. Preste atenção na predominância dos tons de verde (tédio, estagnação), cinza e branco (falta de autoconfiança, umidade, depressão, hibernação, falta de energia), que preenchem as paredes do espaço. Podemos interpretar que as cores foram escolhidas com a intenção de manter os jogadores aflitos, inseguros e amedrontados.

Identidade: os ambientes que habitamos são, geralmente, carregados de personalidade, o que não acontece no alojamento de round 6. Esse é um espaço estéril, sem nenhuma manifestação pessoal, que reduz a identidade dos participantes. Isso ganha força quando os encontramos com uniformes, assim como em colégios ou em exércitos. Além disso, ao olharmos as cores das vestimentas, (verde para jogadores) e (vermelho para combatentes), temos um contraste direto no círculo cromático (marcação de lados opostos). E os combatentes estão sempre abaixo de um arco, num palco, ocupando posição de superioridade, veja:

oposição round 6

ESCADARIA

A transição entre o alojamento e o início dos jogos é sempre acompanhada por um passeio nas escadarias coloridas. Poderíamos dizer que foram inspiradas na obra “La Muralla Roja”, do Arquiteto Ricardo Bofill.

Ou também em “Relativity”, do artista holandês M.C. Escher, em 1953 utilizando técnicas de Litografia durante o movimento da Op-Art.  Essa obra propõe uma ilusão de ótica onde perdemos o senso de direção e espaço. A obra, nomeada como “Relatividade”, faz menção a um mundo onde as leis da gravidade são diferentes do mundo real.

Os participantes, durante essa trajetória, se desconectam do espaço conhecido (alojamento-mundo real) em direção ao desconhecido (campo de batalha-outro mundo), onde cada vez existe um novo desafio e um novo cenário.

ambientes de round 6

Olhar ou perceber?

[ALERTA DE SPOILER], se você ainda não chegou ao episódio 8, guarde esse conteúdo para depois.

Os ambientes estão carregados de informações valiosas, no entanto, temos o costume de ignorá-las. A falta de atenção ao que o ambiente está comunicando, em Round 6, pode ter custado a “vida” de muitos participantes.

À medida que iam passando de fase, os jogadores sendo eliminados, as camas iam sendo retiradas, e consequentemente as paredes começaram a aparecer, o mais impressionante é que elas continham desenhos, os quais faziam menção às provas que os participantes enfrentariam.

Qual seria o desfecho da série se os jogadores tivessem percebido a mensagem contida nos interiores?

E você? Tem apenas olhado, ou percebe as informações que o seu próprio ambiente tem direcionado a você? Elas te estimulam positiva ou negativamente?

ambiente round 6

FONTES:

WRIGHT, Angela. Colour Affects. Psychological Properties Of Colours.

CAVALCANTE, Sylvia; NÓBREGA, Lana Mara Andrade. Espaço e lugar. In: CAVALCANTE, Sylvia; ELALI, Gleice A. (Org.). Temas básicos em Psicologia Ambienteu oal. São Paulo: Vozes, 2011.

MOSER, Gabriel. Psychologie environnementale: les relations homme-environnement. Bruxelles: De Boeck, 2005.

Sala de estar integrada com cozinha para apartamentos pequenos

Artigo anterior

Decoração signo de libra: confira qual é a sua cara

Próximo artigo

Você pode se interessar por esse também

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.